Você conhece o pai dos videogames?

https://invention.si.edu/remembering-ralph-baer
Fonte: https://invention.si.edu/remembering-ralph-baer
Fonte: Wikipedia
Fonte: Wikipédia - Ralph Baer com ex presidente americano George Bush.

Fonte:  Facebook – Mémorial do Holocausto – acesse aqui e saiba +

Ralph Baer, o “pai dos videogames”, nasceu em 08 de março de 1922, no sudoeste da Alemanha. Em 1933, foi expulso de sua escola, simplesmente porque ser judeu. Foi então, que em setembro de 1938, apenas dois meses antes da terrível Noite dos Cristais, Baer fugiu com sua família para a Holanda, rumo aos Estados Unidos.

Após estarem seguros na América, o jovem começou a trabalhar no ramo eletrônico, formando-se como técnico de rádio do National Radio Institute, em 1940. Nos três anos seguintes, ele dirigiu uma loja em Nova York, que consertava, além de rádios, sistemas alto falantes televisões.

A Segunda Guerra Mundial interrompeu seu empreendimento, quando em 1943 Baer foi convocado pelo Exército Americano para trabalhar no serviço de inteligência, onde começou escrevendo documentos de treinamento para as tropas aliadas (como identificar uniformes alemães, o funcionamento das armas alemãs, etc), e mais tarde foi enviado ao quartel do General Eisenhower.

No entanto, em maio de 1944, Ralph contraiu pneumonia, e foi enviado para um hospital militar, onde, de cama, ele completou um curso de álgebra por correspondência. Em 1949, ele formou-se no American Television Institute of Technology, como um dos primeiros Bacharéis em Ciência em Engenharia de Televisão do mundo, e de lá pra cá não parou mais.

Baer iniciou o desenvolvimento da “Brown Box” (o protótipo do primeiro videogame) e diversos outros protótipos, incluindo a primeira light Gun em 1966 para a Sanders Associates. Em 1971, seu protótipo foi rebatizado como Magnavox Odyssey, e lançado em 1972.

Outra invenção dele é o Genius, o famoso jogo eletrônico de memorização de cores que foi muito popular na década de 1970 e 1980.
Além de seu trabalho na área do entretenimento, Baer trabalhou em uma série de outros projetos eletrônicos de grande porte, incluindo os equipamentos de lançamento de foguetes Saturn V da NASA.

Ralph Baer, morreu em sua casa na cidade americana de Manchester, em dezembro de 2014, aos 92 anos, com mais de 150 patentes e condecorações. Deixou três filhos e quatro netos e um grande legado de fãs de suas invenções revolucionárias.

O objetivo deste post é divulgar o perfil do Memorial do holocausto e homenagear essa pessoa fantástica que foi Ralph Baer de abençoada memória.

Deixe um comentário