A diferença entre BIOS e UFEI

Este artigo tem o objetivo de ajudar você a entender o que é UEFI vs BIOS e qual a diferença no momento de usar.

E também o que MBR e GPT e como esses “formatos” do seu HD/SSD influenciam no funcionamento do seu pc/note.

BIOS

O BIOS é, o software embarcado na placa-mãe (PC ou notebook) que permite alterar configurações, como boot (ordem de inicialização), hora e data, ou habilitar ou desabilitar recursos, como a virtualização da CPU, overclook etc.

As telas de BIOS tradicionais geralmente são azuis e possuem menus que somente pode ser navegados com as funções do teclado.

Mas o BIOS atendia satisfatoriamente, então as montadoras de placas-mãe o utilizaram até os anos 2000, até que o hardware e o software começassem a mostrar que o BIOS tradicional, não era mais suficiente. Com software e hardware de 64 bits era hora de criar um sistema para o BIOS.

UFEI

Chegamos a UFEI

UEFI tem sua origem em servidores onde as limitações do BIOS limitam algumas possíbildiades. Tem interface gráfica suportando a operação com o mouse, tem a capacidade de usar discos rígidos/SSD e partições maiores que 2 TB. Permite ainda novos recursos de controle do hardware, como ventiladores e outras partes.

 

A transição

Este processo começou com as placas mãe de suporte a processadores Intel de segunda e terceira gerações, onde causou muitas dúvidas nas pessoas na época.

GPT x MBR

Neste momento houve a transição do sistema de partições dos discos seja ele HD ou SSD, o MBR e o GPT.

Segundo o site da Microsoft (confira o texto completo aqui aqui).  “Os discos MBR (Registro Mestre de Inicialização) usam a tabela de partição padrão do BIOS. Os discos GPT (Tabela de Partição GUID) usam UEFI (Unified Extensible Firmware Interface). Uma vantagem dos discos GPT é que você pode ter mais de quatro partições em cada disco. GPT também é necessária para discos com mais de 2 TB (terabytes).

 

Sendo assim, é preciso ficar atento que se você tem um computador que a placa-mãe tem socket 1155 ou anterior (BIOS) você precisa no momento de instalar o Windows criar a partição do seu HD/SSD no formato MBR.  Caso seu computador for superior ao socket 1155 (UFEI) você precisa usar o formato GPT, caso contrário e certeza que seu pc não conseguirá “encontrar” o disco ou o sistema operacional e automaticamente “não vai ligar”.

Espero que essa dica ajude você.

Este post tem um comentário

  1. ederdoro

    Mano, obrigado pela ajuda, como sofri com esse lance do GPT x MBR.

Deixe um comentário